Pesquisa por voz no Google: como se destacar?

Ana Paula Costa 4 minutos

Folder

Saiba como a nova modalidade de pesquisa tem conquistado espaço e conheça algumas estratégias para estar em dia com a ferramenta

Com o avanço da tecnologia e a correria diária, pessoas esperam resultados cada vez mais imediatos ao fazerem buscas online. Mecanismos de pesquisas por voz têm sido grandes aliados ao trazer rapidez nos resultados e com a ampliação do uso de novas funcionalidades e assistentes virtuais – como Alexa (Amazon) e Siri (Apple) –, essa nova modalidade de busca tem feito parte da rotina de cada vez mais indivíduos. Estudos apontam para esse aumento, inclusive no setor de tecnologia. Entretanto, em meio às possibilidades que a pesquisa por voz trouxe para a vida das pessoas, acompanham também mudanças e desafios para quem busca se destacar virtualmente.

Construir uma marca forte deve ser um dos objetivos na gestão da carreira médica e, por isso, contar com um bom projeto de SEO (Search Engine Optimization) permite que mais pessoas tenham acesso aos seus serviços e informações virtuais. E hoje, para isso, é importante considerar o funcionamento da busca por voz do Google para se destacar no portal, já que, apesar de operar de forma semelhante aos mecanismos de busca de texto, ela possui particularidades que influenciam se os resultados chegarão aos seus possíveis clientes, ou não.

Mas o que muda na prática?
Para que a busca por voz priorize o conteúdo, antes de tudo­­, é necessário manter o foco. Essas ferramentas de busca priorizam parágrafos curtos, concisos, e textos que contenham um resumo da resposta em poucas palavras. Se o conteúdo produzido responde uma pergunta, é recomendado fazê-lo de forma direta, sem muito desvio do assunto principal. A estrutura de tópicos é uma excelente forma de unir concisão e parágrafos curtos, e aumentar as chances de ser identificado pelo algoritmo.

Outro aspecto importante é possuir uma presença virtual de qualidade. O Google Meu Negócio deve ser visto como um forte aliado e é importante garantir que as informações nele contidas sejam redigidas de forma clara, estejam atualizadas e precisas.  É no Google Meu Negócio que o endereço, site e telefone da clínica, por exemplo, estarão disponibilizados de forma mais evidente, como um cartão de visita na primeira página do Google. Por isso, não o negligenciar ajuda a garantir que quando alguém perguntar: “Ok, Google, onde encontro um cardiologista na Barra da Tijuca?”, sua clínica apareça nos resultados de forma rápida e precisa.

Por último, outra estratégia é buscar o correto uso de palavras-chave. Diferente dos mecanismos de pesquisa por texto, as perguntas feitas pelos usuários serão mais longas e informais. Por isso, utilizar uma linguagem mais natural e menos técnica ampliará as chances de aparecer nos resultados. “Essa clínica tem oftalmologista?”, “Como é feito o tratamento de varizes com laser?”, são exemplos de perguntas. O desafio é respondê-las da forma mais natural possível. O conteúdo deve ser construído com estrutura de resposta e linguagem simples. Isso fará com que o software o priorize quando procurar uma resposta satisfatória para o usuário.

Além disso, buscar ajuda profissional para otimizar o conteúdo pode ser sempre uma boa solução. Muitas vezes é fácil subestimar a necessidade de auxílio nessa área. Porém, ter alguém para produzir o conteúdo, melhorar o SEO e, consequentemente, o posicionamento do site, pode fazer toda a diferença no destaque e alcance de seu negócio.

 

Faça parte da nossa Newsletter e receba assuntos exclusivos
para impulsionar sua carreira médica.

 

x

Revista DOC nova edição

100% Gratuita

Faça seu download já