Como definir o público-alvo do meu consultório?

Juliana Temporal 4 minutos

Folder

A definição do público-alvo é, basicamente, identificar qual grupo de pessoas possui características que podem ser compatíveis com o que você oferece com o seu produto ou serviço. No caso nos médicos, isso não é diferente. Mas você sabe como chegar a essa decisão?

Definir o público-alvo do consultório é um dos primeiros passos para uma carreira médica bem-sucedida. Direcionar o seu atendimento ao público certo colabora para que a sua comunicação seja direcionada para seus pacientes. Além disso, você conseguirá enxergar novas oportunidades e ainda reduzir seus custos com iniciativas de marketing. E para lhe ajudar nessa missão, montamos uma lista com algumas orientações valiosas. Confira!

QUAIS PONTOS O MÉDICO DEVE CONSIDERAR PARA DEFINIR SEU PÚBLICO?

  • Faça benchmarking: O primeiro passo para definir o seu público-alvo é estudar o seu mercado. E o benchmarking nada mais é do que realizar uma pesquisa de mercado para conhecer as estratégias utilizadas pelos seus concorrentes e por outros médicos que atendem o mesmo perfil de pacientes e saber se você está ou não indo no caminho certo.

Mas lembre-se, nada de plágio viu? Esta estratégia não tem como objetivo fazer com que você copie o conteúdo de seus concorrentes, e sim, lhe estimular a buscar novas influências e pensar fora da caixa na hora de produzir os seus próprios conteúdos.

  • Converse com seus pacientes: Depois de estudar a concorrência, é hora de conversar com os seus pacientes. Para lhe auxiliar a traçar um perfil de público, é importante que o médico tente extrair algumas informações sobre seus pacientes, para entender qual é o perfil predominante de seus clientes e quais são os motivos que o levam a escolhê-lo.

Resumindo, é importante entender o paciente a fundo, não somente no espectro clínico, mas principalmente em questões geográficas, demográficas e também psicográficas.

  • Público-alvo X personas: É de extrema importância que o médico entenda a diferença entre público-alvo e persona. Público-alvo é uma definição mais abrangente, ou seja, é um conjunto de características básicas sobre as pessoas que frequentam seu consultório.

Já a persona, é uma definição específica, que levará em conta características psicológicas, hábitos e preferências do seu público-alvo.

Para exemplificar melhor, é como se para o urologista o seu público-alvo fosse o seguinte: Homens, acima de 40 anos, formados, residentes da região de atuação.

Já uma possibilidade de persona para este mesmo urologista seria: Alfredo, 52 anos, engenheiro, residente de um bairro próximo ao consultório, com renda mensal de R$8.000. Alfredo é um homem que se preocupa muito com sua saúde e por isso consome bastante conteúdo relacionado à saúde e bem-estar nas redes sociais.

Deu para entender a diferença? Por meio da criação de personas, é possível segmentar não somente o seu atendimento, mas também o conteúdo que você irá publicar em suas redes sociais profissionais, por exemplo.

  • Criação de personas: Após pesquisar sobre o mercado e questionar seus pacientes, o médico já será capaz de definir seu público-alvo e a partir disso, será possível construir sua(s) persona(s).

A definição da persona exige uma pesquisa mais rebuscada que, além de apontar os dados demográficos e socioeconômicos dos pacientes, tem como meta demonstrar suas características subjetivas, como suas maiores dificuldades, seus sonhos e desejos, seu relacionamento familiar, com amigos, colegas de trabalho etc.

Uma observação importante é que dependendo da especialidade e do perfil do médico, o seu consultório pode criar mais de uma persona. Porém, fique atento para garantir que todas as personas se encaixem em suas estratégias e possam ser usadas constantemente.

Para delimitar suas personas, o médico pode utilizar o Gerador de Personas, uma ferramenta na qual o médico pode inserir seus dados e salvar a persona construída em PDF, ou imprimi-la para que esteja sempre em fácil acesso pelo médico e sua equipe.

Faça parte da nossa Newsletter e receba assuntos exclusivos
para impulsionar sua carreira médica.

 

x

Revista DOC nova edição

100% gratuita

Faça seu download