10 dicas práticas sobre como preencher o Lattes

Folder

O mercado da saúde está em busca de profissionais completos. Entre as competências procuradas, a técnica, o conhecimento e a oratória têm destaque, porém, não são os únicos aspectos a ser analisados. Para se destacar no mercado médico é necessário ter em mente que se especializar, assim como saber a melhor maneira de apresentar as qualificações de forma atrativa, é fundamental. Nesse contexto, o correto preenchimento do currículo Lattes pode fazer a diferença.

Nos casos das pessoas que desejam cursar mestrado ou doutorado, por exemplo, ter um currículo Lattes é obrigatório. Essa plataforma foi criada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) como um sistema de armazenamento de dados de currículos, grupos de pesquisas e demais instituições do Brasil. Ao considerar o peso do Lattes dentro da Medicina, preparamos dez dicas práticas sobre o preenchimento na plataforma. Veja a seguir.

  1. Invista em cursos e especializações

O primeiro passo recomendado para se colocar em destaque no mercado da saúde é o investimento em educação e aperfeiçoamento. Mais do que preencher um currículo, é preciso ter bagagem para acrescentar. Isso não significa que um médico em início de carreira, ainda com poucas atividades, não deva se cadastrar na plataforma. Porém, é preciso ter em mente que cursos e especializações são um adicional muito valorizado na Medicina, assim como fellowships e uma participação ativa em eventos, congressos, webinars e demais programações científicas.

  1. Separe um tempo para realizar o preenchimento do currículo

Antes de abrir a plataforma e se cadastrar, é essencial que você separe um tempo apenas para essa tarefa. O preenchimento do Lattes deve ser realizado com atenção, para que nenhum erro seja ignorado ou passe de forma despercebida.

  1. Faça o cadastro e liste as atividades acadêmicas

Inicialmente, você precisará realizar um cadastro na plataforma e indicar: dados pessoais iguais aos da Receita Federal, endereço residencial ou profissional, formação acadêmica e informações de trabalho e área de atuação. No momento de listar as atividades acadêmicas, destacar participação em ligas acadêmicas e projetos de extensão e/ou de pesquisa é fundamental, principalmente para os profissionais em início de carreira.

  1. Organize as experiências profissionais

Organize as experiências profissionais que você deseja evidenciar dentro de sua área. Estabeleça uma ordem nos fatos e escreva descrições e informações objetivas e de destaque. Nunca escreva textos grandes e excessivamente detalhados, mas sempre registre o que for relevante para a área em que deseja atuar e forneça informações completas.

  1. Capriche na apresentação

A apresentação do Lattes é um resumo de qualificações, experiências e áreas de atuação e pesquisa. Esse é um momento de conquista. Sua apresentação é a primeira impressão que uma pessoa tem de sua trajetória profissional. Capriche!

  1. Confirme as informações cadastradas antes de enviar

No processo de preenchimento do Lattes, antes de enviar as informações ao CNPq, confira as informações e veja se há algum erro. Falhas são humanas, mas evitar possíveis erros de digitação ou o preenchimento de campos inadequados é essencial para não causar uma má impressão.

  1. Tamanho não é sinônimo de qualidade

Como abordado anteriormente, no início de carreira, nem todos os profissionais possuem uma grande bagagem profissional para apresentar. Mas se esse for o seu caso, não se preocupe. Nem todos os currículos cheios de experiências ganham destaque. Realizar bons cursos e garantir boas qualificações já são aspectos muito valorizados.

  1. Não esqueça os trabalhos voluntários

A realização de trabalhos voluntários não é obrigatória, mas é um aspecto que pode garantir destaque ao seu perfil no Lattes. Por isso, nunca deixe de listar este tipo de trabalho. Na atualidade, o serviço humanitário é muito valorizado.

  1. Valorize suas produções

No fim de seu currículo, você poderá listar projetos nos quais participou, assim como publicações e qualquer outra atividade de relevância na Medicina. Nesse momento, suas realizações acadêmicas também são relevantes. 

  1. Sempre atualize o Lattes

A carreira médica é evolutiva. É comum que um profissional adquira novas habilidades, especialidades e participe de novos projetos com o decorrer do tempo. Por isso, o Lattes sempre deve ser atualizado. Para isso, basta clicar em “atualizar currículo”. Nesse momento, se necessário, atualize também o texto inicial. Essa ação fará com que você permaneça no mercado de forma ativa e mostrará seu engajamento com a própria plataforma.

Faça parte da nossa Newsletter e receba assuntos exclusivos
para impulsionar sua carreira médica.

x

Revista DOC nova edição

100% Gratuita

Faça seu download já