Como definir o aumento de salário de um colaborador?

Folder

Gestores de consultórios e clínicas normalmente precisam contar com uma equipe de funcionários para auxiliá-los na administração dos negócios e desempenho de diversas tarefas. Nesse cenário, é comum ser necessário realizar ajustes salariais e/ou se deparar com situações em que os colaboradores solicitem um aumento de remuneração. Você sabe como conduzir essas situações?

O reajuste salarial é um direito do empregado que deve ser feito por parte da empresa de acordo com o que está previsto por lei e nos períodos adequados. Trata-se de um ajuste que acompanha, além do que é estabelecido por alguns sindicatos, as mudanças econômicas do país.

O que diz a lei: o artigo 611 da CLT frisa a obrigatoriedade do reajuste com objetivo de garantir um aumento de salário para que trabalhadores com carteira assinada possam usufruir de remuneração que condiz com fatores econômicos, de modo a preservar o poder de compra do trabalhador.

É necessário verificar as estipulações junto ao sindicato de cada categoria para entender quando os reajustes serão definidos. A base do reajuste é feita no primeiro dia do mês definido.

Salário × Benefícios

O salário é uma remuneração fixa ou variável recebida em troca da mão de obra. Já os benefícios são “bônus” que não necessariamente estão relacionados a um acréscimo financeiro ou a uma finalidade específica.

Principais tipos de benefícios:

  • Vale-alimentação
  • Vale-transporte ou vale-combustível
  • Assistência médica e odontológica
  • Auxílio-creche
  • Cesta básica
  • Seguro de vida
  • Bonificações por metas
  • Descanso remunerado
  • Descontos na empresa

É preciso levar em consideração as possibilidades financeiras da empresa para conceder o reajuste. Caso seja realizado um aumento nos valores ou tipos de benefícios, a empresa pode determinar condições para oferta dos benefícios ou realizar parcerias com prestadores de serviços para reduzir o custo total do bônus.

Por outro lado, para realizar o reajuste salarial, é preciso levar em consideração alguns fatores, como:

  • Média de remuneração do mercado
  • Produtividade para empresa e importância do colaborador
  • Cuidado e comprometimento com o trabalho
  • Grau de complexidade da função desempenhada
  • Custo representado

Como comunicar o reajuste aos funcionários

No momento correto para a atualização, a comunicação clara é fundamental para um ambiente de trabalho saudável. Os funcionários devem ser pontuados sobre o andamento do acordo coletivo, previsão de certificações, percentual do reajuste e data de atualização.

Os comunicados podem ser feitos por meio de boletins informativos internos, quadro de avisos, e-mail ou reuniões. A gestão de pessoas feita de maneira eficiente é um ponto essencial para estimular a motivação e produtividade dos colaboradores.

Organizando-se para o reajuste

Um plano de cargos e salários bem definido ajuda tanto o empregador quanto o empregado a entender as reais possibilidades de crescimento na empresa e em quais condições alguns reajustes de remuneração podem ser realizados.

Planos de orçamento considerando os gastos e lucros da empresa devem ser traçados. Dessa forma, o impacto dos reajustes será claro. As metas da empresa devem ser avaliadas e os padrões de desempenho precisam estar alinhados para otimizar o desenvolvimento da empresa.

Cadastro

 

x

Revista DOC nova edição

100% gratuita

Faça seu download