Burnout durante a pandemia: quais são as causas?

Folder

Embora o esgotamento possa vir de uma variedade de fontes, o impacto da pandemia de Covid-19 sobre os médicos que estão na linha de frente ainda está sendo estudado. Uma pesquisa recente da The Joint Commission reuniu os comentários de mais de 2 mil profissionais de saúde sobre o que está causando seu esgotamento. Veja abaixo as principais causas de burnout identificadas pelos entrevistados:

Medo do desconhecido

Esse ponto é embasado pelos entrevistados com base em orientações pouco claras, confusas ou contraditórias de fontes importantes sobre quais precauções devem ser tomadas para evitar a propagação da doença, agravada pela falta de equipamentos de proteção individual (EPI), medicamentos e dispositivos médicos.

Medo de ficar doente

Esse medo era alto entre os profissionais de saúde, especialmente entre aqueles que tinham maior probabilidade de sofrer complicações graves com a Covid-19 devido à idade ou a condições pré-existentes. Esses temores são, novamente, exacerbados pela escassez de EPI, o que levou ao racionamento em algumas áreas.

Medo de levar o vírus para casa

Grande número de entrevistados expressou medo de levar o vírus para casa, especialmente para familiares mais idosos e crianças, o que levou, em alguns casos, trabalhadores da saúde a ficarem em hotéis ou tomarem outras providências para limitar a exposição em suas residências.

Problemas relacionados à equipe de trabalho

Entre os maiores problemas enfrentados pelas instituições de saúde, estão a necessidade de maior comunicação com a equipe e a falta de pessoal em determinados momentos (devido à contaminação pela Covid-19).

Recomendações

A Joint Commission fez ainda uma série de recomendações sobre as maneiras de apoiar esses profissionais de saúde. Entre os pontos incluídos estão:

  • Promover uma comunicação aberta para construir confiança, reduzir medos e manter o moral.
  • Eliminar as barreiras que impedem os profissionais de saúde de buscar serviços de saúde mental e desenvolver sistemas de apoio para a resiliência institucional e pessoal.
  • Proteger a segurança dos trabalhadores.
  • Desenvolver uma força de trabalho flexível, determinando quais tarefas podem ser concluídas em casa.
  • Oferecer aos trabalhadores oportunidades de colaborar, liderar e aprender.

Compartilhe
x

Revista DOC nova edição

100% gratuita

Faça seu download