Entenda por que parte das vagas de residência médica não são ocupadas

Raquel Prazeres 2 minutos

Folder

Instituída pelo decreto 80.281, de 1977, a residência médica (RM) é uma modalidade de ensino sob a forma de curso de especialização. Atualmente, existem programas de RM autorizados nas 55 especialidades médicas. Para ser considerado um especialista, o médico precisa ter cursado residência e ter título reconhecido pela respectiva sociedade de especialidade.

A residência é, portanto, considerada o “padrão-ouro” da especialização. Como o interesse da maioria dos médicos é se aprofundar em alguma área específica, a concorrência para uma das vagas de residência médica pode ser bastante acirrada. No entanto, segundo a pesquisa Demografia Médica, de 2020, realizada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), nem sempre é assim.

O documento mostra que o número de vagas de RM ocupadas é menor que a quantidade de vagas autorizadas pela Comissão Nacional de Residência Médica. Analisando somente o primeiro ano (R1), mais de um quarto das vagas autorizadas pelo Ministério da Educação não foram ofertadas ou preenchidas. Assim, o Brasil deixou de formar, de 2015 a 2019, quase 36 mil médicos especialistas, considerando as vagas autorizadas mas não ocupadas.

Além disso, mesmo entre as vagas inicialmente ocupadas, há desistências, afastamentos ou licenças. Entre os 17.350 médicos que ingressaram em R1 em 2019, 1.160 não deram continuidade a suas residências.

residência médica 1

São muitos os fatores que influenciam a autorização, a oferta e a ocupação de novas vagas. Por isso, confira abaixo os possíveis motivos apontados pela pesquisa para a persistência do alto percentual de vagas ociosas nos últimos anos:

residência médica 2

Em momento de expansão da oferta de cursos e de vagas de graduação, a formação de médicos especialistas deve ser fortalecida em quantidade e qualidade. Os possíveis e múltiplos fatores elencados devem ser mais bem estudados e compreendidos. É preciso superar os vários obstáculos que impedem o pleno preenchimento de vagas de residência médica previamente autorizadas.

Compartilhe
x

Revista DOC nova edição

100% gratuita

Faça seu download