Como dar uma notícia difícil ao paciente? Veja 7 dicas

Para auxiliar o médico a passar a informação neste momento tão delicado para seus pacientes, montamos uma lista que lhe ajudará a fortalecer ainda mais a relação médico-paciente nestas ocasiões

Julia Lins 5 minutos

Folder

A vida do profissional da Saúde é cheia de altos e baixos. Em um dia, o médico comemora o fato de ter conseguido salvar uma vida e, no outro, se encontra em uma situação difícil ao ter que contar a um paciente que ele tem uma doença terminal. Ser responsável por dar más notícias aos pacientes é um desafio constante na vida do médico; porém, assim como qualquer outro obstáculo, é preciso enfrentá-lo.

Em tempos de pandemia, a população está muito abalada e, consequentemente, mais frágil, por isso é preciso ter ainda mais cuidado ao se dar uma notícia difícil para um paciente. E, por mais que o médico esteja habituado a situações tensas, comunicar ao paciente algo grave que está acontecendo com ele ou dar a notícia de falecimento para algum familiar por exemplo, é sempre um momento complicado.

Um estudo realizado em 2016 revelou que 91% dos médicos entrevistados acreditam que entregar más notícias é uma habilidade muito importante da profissão, mas apenas 40% sentem que têm o treinamento necessário para entregar tais notícias com eficácia.

Mas como os médicos podem fazer isso da maneira mais eficaz e empática possível, sem criar confusão ou sofrimento adicional para seus pacientes? Para lhe ajudar a responder essa pergunta, listamos a seguir algumas dicas de como dar uma notícia difícil aos seus pacientes. Confira!

1- Seja sincero sempre

Ter uma comunicação aberta com o seu paciente é a chave para uma relação bem-sucedida. Quando as más notícias chegam, os pacientes se deparam com escolhas difíceis. A maioria das pessoas gostaria de saber a verdade – não importa quão perturbadora seja. Por isso, é importante que o médico lhes dê essas informações para permitir que os pacientes tomem as decisões necessárias sobre seus cuidados.

2- Demonstre empatia

Coloque-se no lugar do paciente, pois, mesmo nunca tendo recebido uma notícia assim, é preciso ter empatia. Por exemplo: “como eu me sentiria se me dissessem que eu ficaria cego para sempre?”. Sem dúvidas, você gostaria que alguém estivesse ao seu lado para dar apoio e suporte, então é dessa forma que você deve se portar com seus pacientes.

3- Transmita a notícia presencialmente

Com a pandemia de Covid-19, a Telemedicina tornou-se uma prática de atendimento reconhecida pelo CFM e, por isso, seu uso tem crescido exponencialmente. Porém, há algumas questões que ainda devem, preferencialmente, ser feitas pessoalmente. Por isso, procure dar uma notícia ruim sempre frente a frente com o paciente. Assim, você poderá observar a reação dele, inclusive sua linguagem corporal, e dar o suporte necessário.

4- Utilize uma linguagem simples

A maioria dos pacientes pode ter dificuldade de compreender a linguagem médica, por isso, ao dar uma notícia difícil ao paciente, evite usar termos técnicos. Dê preferência a termos leigos e práticos. Se preciso, faça uso de materiais para auxiliar na explicação. Use folhetos com linguagem simples e representações do corpo humano para que o paciente compreenda melhor seu problema de saúde. Indique ainda recursos que possam ajudá-lo durante o seu tratamento, como sites, grupos de apoio ou assistentes sociais.

5- Tenha certeza de que o paciente compreendeu todas as informações

Após comunicar o diagnóstico ao paciente, é muito comum que, com o choque da notícia, ele deixe de prestar atenção no restante das informações. Por isso, acalme-o e verifique se ele entendeu tudo o que foi passado. Se possível, peça para que repita a informação para ratificar o que foi passado.

6- Prepare uma rotina de visitação

Após comunicar a notícia, é fundamental se colocar à disposição do paciente. Tal atitude transmitirá mais segurança a ele durante o período do tratamento. Defina com o paciente uma rotina de acompanhamento e visita para que possa avaliá-lo, saber como está se sentindo e responder perguntas adicionais.

7- Promova suporte aos familiares

Seja em caso de falecimento ou diagnósticos pesados, o médico não lida apenas com o paciente, mas também com seus familiares. E nesses momentos de dificuldade é normal que a família do paciente queira saber a real situação do indivíduo. Por isso, para alguns médicos, talvez a parte mais difícil de dar uma notícia ruim seja lidar com a família, com quem, muitas vezes, não teve a oportunidade de estabelecer um relacionamento prévio.

Para evitar constrangimentos e passar a informação de forma eficaz, prepare os familiares para a notícia utilizando uma linguagem simples e clara, assegurando o suporte emocional necessário. Além disso, não minimize o problema e dê, apenas, uma esperança realista. Mas o mais importante é mostrar a eles que o paciente está sendo bem cuidado e que você e toda sua equipe estão fazendo o máximo por ele.

O que não fazer?

  • Não menospreze a construção de um relacionamento com o paciente
  • Não confunda o paciente com informações técnicas demais
  • Evite demonstrar insegurança no momento de dar a notícia

Compartilhe