Relação com o paciente a distância: como fica?

Aprenda como melhorar sua relação médico-paciente e como fidelizá-los também por meio da telemedicina

Folder

De todas as profissões, a Medicina é uma das que mais se destaca quando falamos sobre relação interpessoal. Afinal, até pouco tempo, era praticamente impossível imaginar uma consulta que não fosse a presencial, com uma anamnese feita “olho no olho”. Com o desenvolvimento e o avanço da Telemedicina, essa relação com o paciente vem mudando constantemente e tem se tornado um desafio para os profissionais, que precisam preservar, além da qualidade do atendimento, a credibilidade e a confiança que conquistaram com seus pacientes.

É justamente por meio dessa troca que o médico consegue realizar um trabalho de excelência. Mas, para isso, é fundamental saber eleger as melhores estratégias para a construção de um vínculo duradouro, baseado no respeito e na ética. E esse plano deve ser pensado para duas vertentes: a parte prática, que envolve questões como o tempo de espera pela consulta e como foi o processo de agendamento; e a parte mais subjetiva, que engloba o envolvimento do profissional com o paciente e o tratamento oferecido durante o atendimento.

Para te ajudar a melhorar sua relação médico-paciente, sobretudo aqueles tratados de forma remota, reunimos algumas dicas:

Foque e conecte-se com o paciente

Não se distraia! Todos nós procuramos serviços médicos porque estamos convivendo com algum problema. E, ao marcar um horário, tudo o que o seu paciente deseja é ser ouvido e valorizado. Então, dedique-se 100% a todas as informações que forem passadas por ele; tente ao máximo lembrar do histórico desse paciente, obtido em consultas anteriores; reserve um tempo suficiente para cada um deles; evite atrasos; e não utilize uma linguagem muito técnica e de difícil compreensão.

Invista em você e em sua marca

Apesar do marketing ter origem no escopo da Comunicação, ele é essencial para todas as áreas de atuação. O marketing médico, especificamente, é a ferramenta que vai lhe auxiliar a conquistar sua reputação e, consequentemente, seu espaço no mercado. Por isso, invista na sua marca, ganhe credibilidade e se torne uma referência para conquistar ainda mais esse paciente episódico/remoto.

Não se esqueça do atendimento humanizado.

Confiança é um dos pilares fundamentais para o surgimento e para a continuidade de qualquer relação. E você só consegue adquirir isso demonstrando ao paciente que ele não é mais um! Seja atencioso, mostre empatia e solidariedade à situação do paciente.

Busque os feedbacks e mostre interesse.

Por mais que esse passo esteja relacionado ao pós-consulta, é importantíssimo ter em mente que não se trata de um paciente antigo, mas daquele que você não tem tanto contato e ainda não conquistou sua fidelidade. Por isso, deixe claro que você se importa com ele e com a opinião sobre o consultório e a consulta oferecida. Mantenha-se aberto e disposto a receber suas dúvidas ou até mesmo críticas. E sempre aproveite esses momentos para crescer e se aprimorar, tanto pessoal quanto profissionalmente.

Compartilhe